Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um homem acusado de estuprar um bebê na presença de seus próprios filhos foi preso na Índia

(afp_tickers)

Um homem acusado de estuprar um bebê na presença de seus próprios filhos foi preso na Índia, informou a polícia nesta sexta-feira.

É o último de uma série de ataques sexuais contra crianças que chocaram o país.

A menina de 18 meses tinha sido levada na quarta-feira para brincar com vizinhos de dois e quatro anos numa casa de um único cômodo, onde teria sido estuprada pelo chefe da família, segundo a polícia.

A mãe da vítima a encontrou abandonada fora de casa, sangrando e dolorida após o ataque. A menina está se recuperando em um hospital em Nova Deli.

O suspeito foi preso na quinta-feira, segundo Herinder Singh, um oficial do bairro de Aman Vihar, onde ocorreu o ataque. O abusador pode ser condenado à prisão perpétua.

A diretora da Comissão para Mulheres de Noa Deli, Swati Maliwal, visitou a garota e disse que estava estável após uma cirurgia.

"A pobre menina nem conseguiu falar, está lá, deitada", disse Maliwal.

Em 2015, cerca de 11.000 casos de abuso sexual infantil foram relatados, de acordo com o escritório nacional de registros de crimes.

Quase 3 crianças são estupradas todos os dias em Nova Deli, de acordo com essa fonte.

Um comitê da ONU para os direitos da criança afirmou em 2014 que uma em cada três vítimas de estupro na Índia eram menor de idade e soou o alarme por esse fenômeno generalizado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP