AFP

O túmulo do ex-presidente francês Charles de Gaulle foi danificado por um homem, que conseguiu derrubar a chutes a cruz do monumento

(afp_tickers)

O túmulo do ex-presidente francês Charles de Gaulle em Colombey-les-deux-Eglises, no leste da França, foi danificado neste sábado por um homem, que conseguiu derrubar a chutes a cruz do monumento.

"O túmulo, filmado permanentemente, foi danificado por um indivíduo que agiu sozinho. Subiu nela e deu dois fortes chutes na base da cruz, até que ela caiu. Mas o pedestal do túmulo continuou intacto", declarou à AFP o procurador de Chaumont, Frédéric Nahon.

A cruz media um metro e meio. A ação foi rápida, durou "menos de um minuto". O homem, de cerca de 30 anos, estava com o rosto descoberto e também parece ter cuspido no túmulo, detalhou o procurador.

O general Charles de Gaulle foi o chefe de Estado da França livre durante a Segunda Guerra Mundial e fundador da V República em 1958. Foi presidente entre 1959 e 1969.

No túmulo de Colombey-les-deux-Eglises estão enterradas também sua esposa, Yvonne, e sua filha, Anne.

AFP

 AFP