Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(12 mar) Polícia vigia a residência do embaixador do Irã na Áustria

(afp_tickers)

O homem de 26 anos que foi morto no domingo após uma tentativa de atacar um soldado diante da residência do embaixador do Irã em Viena tinha "afinidades com o islã político", afirmou a secretária de Segurança Pública da Áustria.

De acordo com a análise preliminar dos dados obtidos em sua residência em Viena, o homem, um austríaco de origem egípcia, "tinha claramente afinidades com o islã político", afirmou Mihaela Kardeis, comandante da Segurança Pública.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.









Teaser Longform The citizens' meeting

Teaser Longform The citizens' meeting

The citizens' meeting

AFP