Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Fábrica da Honda na cidade de Sayama

(afp_tickers)

A montadora Honda Motor anunciou nesta quarta-feira que interrompeu temporariamente a produção em uma de suas fábricas japonesas, após um ataque virtual similar ao que provocou estragos no mundo no mês passado.

As máquinas foram desligadas na segunda-feira e acionadas novamente na terça-feira na fábrica de Sayama, ao norte de Tóquio.

O grupo detectou no domingo que o sistema operacional de controle da produção da fábrica havia deixado de responder e estava infectado pelo vírus WannaCry, que criptografa os arquivos e os torna inacessíveis, em tese até o pagamento de um resgate.

A fábrica de Sayama produz 1.000 veículos por dia.

Quase 200.000 computadores em pelo menos 150 países se viram afetados em maio por um ataque virtual sem precedentes através do sistema operacional Windows, prejudicando o funcionamento de muitas empresas e organizações.

Entre as vítimas estavam unidades de produção das montadoras Renault e Nissan.

AFP