Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Parada do Orgulho Gay em Belgrado

(afp_tickers)

Hong Kong se tornará a primeira cidade asiática a sediar, em 2022, os Jogos Gay, um evento criado par fortalecer o reconhecimento dos direitos do movimento LGBT, numa cidade que ainda sofre com o preconceito.

Hong Kong superou a cidade mexicana de Guadalajara e a capital americana Washington para organizar a 11ª edição dos Jogos Gay.

O evento reúne cerca de 15.000 participantes e deixará uma importante repercussão econômica.

Fundados pelo ex-atleta Tom Waddell, que participou dos Jogos Olímpicos do México-1968, os Jogos Gay estão abertos a todos os esportistas, sem censura de gênero ou orientação sexual.

A primeira edição aconteceu em 1982 em São Francisco e a próxima será de 4 a 12 de agosto de 2018, em Paris.

A cidade de Hong Kong só descriminalizou a homossexualidade em 1991.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP