Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O polêmico humorista francês Dieudonné, condenado várias vezes por ofensa racial e incitação ao ódio, anunciou no YouTube que viajará à Coreia do Norte no dia 9 de setembro

(afp_tickers)

O polêmico humorista francês Dieudonné, condenado várias vezes por ofensa racial e incitação ao ódio, anunciou no YouTube que viajará à Coreia do Norte no dia 9 de setembro para "trabalhar pela paz".

Dieudonné viajará acompanhado do escritor de extrema direita Alain Soral, que já visitou Pyongyang a convite das autoridades do país.

"Em um momento no qual os Estados Unidos organizam exercícios militares na península coreana, acredito que é necessário uma mobilização", disse Dieudonné, sem mencionar os disparos de mísseis norte-coreanos condenados pela ONU.

O humorista de 51 anos pretende participar em um "festival da paz" em Pyongyang.

A Coreia do Norte realizou nesta terça-feira um disparo de míssil balístico de alcance médio que sobrevoou o Japão e ameaçou novos lançamentos.

Vários espetáculos do humorista, cujos comentários antissemitas renderam várias condenações na justiça, foram proibidos na França.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP