Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Chamas e fumaça em Split, em 18 de julho de 2017

(afp_tickers)

Vários incêndios florestais continuavam avançando nesta terça-feira (18) na costa adriática de Montenegro e Croácia, onde as chamas alcançaram os arredores de Split, segunda principal cidade do país.

Desde domingo (16), registram-se dezenas de focos de incêndios na região de Split. O fogo já destruiu cerca de 4.500 hectares de mata, de acordo com os serviços de resgate. Pelo menos 80 pessoas, principalmente bombeiros, ficaram levemente feridas, e várias casas foram incendiadas.

Na segunda-feira à noite, o incêndio se aproximou de Split, destruindo veículos e forçando as autoridades a esvaziar um shopping.

Um aterro sanitário pegou fogo, o que deixou a cidade mergulhada em uma espessa nuvem de fumaça preta. Os bombeiros conseguiram controlar as chamas na madrugada desta terça.

No vizinho Montenegro, os incêndios florestais obrigaram a retirada de cerca de 100 pessoas que estavam acampadas na península de Lustica (oeste). A situação começou a melhorar à medida que o vento perdia intensidade.

Ontem, Montenegro emitiu um pedido de ajuda internacional para combater os incêndios. Hoje pela manhã, todos os focos estavam controlados, conforme os serviços locais de resgate.

AFP