Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O fundo MVF, criado pelo Departamento de Justiça (DoJ) para inventariar as demandas das vítimas, entregou 772,5 milhões de dólares a 24.631 vítimas em todo o mundo, ressaltou em um comunicado

(afp_tickers)

Autoridades americanas anunciaram nesta quinta-feira (9) ter indenizado as primeiras vítimas da fraude de Bernard Madoff, cuja "pirâmide financeira" veio abaixo em 2008, deixando muitos investidores na ruína.

O fundo MVF, criado pelo Departamento de Justiça (DoJ) para inventariar as demandas das vítimas, entregou 772,5 milhões de dólares a 24.631 vítimas em todo o mundo, ressaltou em um comunicado.

Este fundo, encarregado de devolver às vítimas da fraude US$ 4 bilhões, recuperados pela Justiça americana, recebeu no total 65.000 ações de 136 países. Estas pessoas perderam mais de US$ 40 bilhões, segundo o MVF.

Bernard Madoff cumpre atualmente pena de 150 anos de prisão devido à maior fraude bursátil da história, estimada em 65 bilhões de dólares se contados os aportes e os juros perdidos por seus clientes.

A fraude "piramidal" também é denominada "sistema de Ponzi", em razão do nome do financista Charles Ponzi, detido nos anos 1920 em Chicago, e que consistia em dispor dos aportes dos novos clientes para reembolsar os clientes mais antigos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP