Navigation

Influente pregador sunita diz que califado jihadista viola a sharia

Yussef Al-Qaradaui em Doha no dia 11 de maio de 2014 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 05. julho 2014 - 12:45
(AFP)

O influente pregador catariano de origem egípcia Yussef Al-Qaradaui afirmou que a criação pelos jihiadistas de um califado entre Iraque e Síria viola a lei islâmica ou sharia.

"Desejamos o advento do califado o quanto antes, mas a iniciativa do Estado Islâmico viola a sharia e tem consequências perigosas para os sunitas do Iraque e para a revolta na Síria", afirmou Qaradaui em um comunicado.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.