Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube anunciaram nesta semana o lançamento de uma aliança anti-terror para impedir a proliferação de conteúdo extremista on-line

(afp_tickers)

O Instagram anunciou nesta quinta-feira que está usando inteligência artificial para filtrar comentários desagradáveis e spam no popular aplicativo de fotos e vídeos pertencente ao Facebook.

Este movimento ocorre em um momento em que o Facebook e outras companhias da Internet trabalham para prevenir mensagens desagradáveis, discursos que incitem o ódio e a difusão de ideologias violentas em suas plataformas.

"Muitos de vocês nos disseram que os comentários tóxicos os desestimulam na hora de aproveitar o Instagram e de se expressarem livremente", anunciou o cofundador e chefe executivo, Kevin Systrom, em um post de seu blog.

"Para ajudar, desenvolvemos um filtro que bloqueia certos comentários ofensivos em posts e vídeos".

Este filtro será lançado primeiro em inglês e eventualmente irão acrescentando outros idiomas, de acordo com Systrom.

O Instagram anunciou também que seu filtro que escaneia o spam está desenhado para trabalhar em árabe, chinês, inglês, francês, alemão, japonês, português, russo e espanhol.

"Nossa equipe esteve preparando nossos sistemas durante um tempo para reconhecer certos tipos de comentários ofensivos e spam de forma que o usuário não tenha que vê-los", acrescentou.

"As ferramentas estão melhorando com o tempo".

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube anunciaram nesta semana o lançamento de uma aliança anti-terror para impedir a proliferação de conteúdo extremista on-line.

Cada um dos gigantes da tecnologia esteve trabalhando individualmente para prevenir que suas plataformas e serviços sejam utilizados para promover ou difundir pontos de vista extremistas.

AFP