Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O dalit (intocável) Ram Nath Kovind, candidato apoiado pelo primeiro-ministro Narendra Modi

(afp_tickers)

O dalit (intocável) Ram Nath Kovind, candidato apoiado pelo primeiro-ministro Narendra Modi, foi proclamado nesta quinta-feira vencedor da eleição presidencial na Índia, convertendo-se no segundo presidente do país surgido deste grupo social desfavorecido.

Ram Nath Kovind foi eleito com uma ampla maioria, 65% do corpo eleitoral formado pelos parlamentares e as assembleias nacionais e regionais da Índia, anunciou a comissão eleitoral.

A vitória deste ex-advogado de 71 anos era dada por certo devido ao preso do Partido Popular Indio (Bharatiya Janata Party, BJP) e seus aliados no colégio eleitoral.

A vitória de Ram Nath Kovind reforça o poder do primeiro-ministro nacionalista hindu Narendra Modi.

Além disso, permitirá aumentar sua influência entre os 200 milhões de intocáveis visando às eleições legislativas de 2019, nas quais aspira prolongar seu mandato à frente do país.

"Felicitações para Shri Ram Nath Govind Ji por ter sido eleito persidente da Índia! Melhores votos para um mandato fecundo e inspirador", escreveu Modi no Twitter.

As altas castas constituem o eleitorado tradicional do BJP, mas os nacionalistas cortejam a comunidade dalit para consolidar sua base eleitoral.

Apesar de a Constituição da Índia ter abolido oficialmente a discriminação por castas, esta ainda continua sendo uma realidade.

Os dalits são relegados a ofícios ingratos, já que são considerados "impuros", como a limpeza de excrementos ou a gestão de corpos de animais mortos.

Ram Nath Govind é o segundo presidente dalit da Índia, depois que K R Narayanan ocupou esta função de 1997 a 2002.

AFP