Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Moradores observam casa destruída pela inundação em Kozhikode, estado de Kerala

(afp_tickers)

Inundações repentinas causadas pelas monções deixaram 37 mortos e 37 mil deslocados em Kerala, sudoeste da Índia, além de terem provocado deslizamentos de terra, anunciaram autoridades neste sábado.

O estado de Kerala, zona turística com praias repletas de palmeiras e plantações de chá, recebe fortes chuvas anualmente no período das monções, mas as precipitações foram especialmente intensas este ano.

Os moradores deslocados foram levados para 350 centros de acolhida em todo o estado, informou um coordenador regional à AFP.

O Exército foi mobilizado para realizar missões de resgate em Kerala, depois que dois dias de tempestade obrigaram as autoridades a liberar a água de 27 diques. Um deles não era aberto há 26 anos.

"Nosso estado enfrenta uma devastação sem precedentes", publicou no Twitter o chefe do governo de Kerala, Pinarayi Vijayan. "Muitas vidas foram perdidas. Centenas de casas ficaram completamente destruídas", lamentou, elogiando o trabalho dos socorristas, originários de todo o país.

Mais de 1 milhão de turistas visitaram Kerala no ano passado, segundo estatísticas oficiais.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP