Navigation

Irã convoca representante do Brasil em Teerã após declarações sobre Soleimani

Presidente Jair Bolsonaro, em entrevista coletiva no Palácio da Alvorada, em Brasília, em 7 de janeiro de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 07. janeiro 2020 - 14:25
(AFP)

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou nesta terça-feira que o governo iraniano convocou a encarregada de negócios do Brasil em Teerã após declarações oficiais do governo Jair Bolsonaro sobre a morte do general iraniano Qassem Soleimani em um ataque dos EUA em Bagdá.

"A conversa, cujo teor é reservado e não será comentado pelo Itamaraty, transcorreu com cordialidade, dentro da usual prática diplomática", segundo mensagem enviada aos jornalistas para informar sobre o encontro das autoridades iranianas com a representante Maria Cristina Lopes.

O Ministério das Relações Exteriores também disse que outros representantes de países que se manifestaram sobre os eventos em Bagdá foram convocados pelo Ministério das Relações Exteriores do Irã.

O governo brasileiro e seu presidente, Jair Bolsonaro, apoiaram o governo Trump em sua luta contra o "terrorismo".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.