Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente do Irã, Hasan Rohani

(afp_tickers)

O Irã está respeitando seus compromissos no âmbito do acordo nuclear concluído com as principais potências mundiais em 2015 - aponta o relatório trimestral da AIEA, divulgado nesta segunda-feira (13), um mês depois da recusa do presidente americano, Donald Trump, de "certificar" este cumprimento.

A agência atesta, em especial, que Teerã não ultrapassou os limites autorizados para enriquecimento, tampouco acumulou reservas ilegais de água pesada, ou de urânio pouco enriquecido.

A notificação surge após Trump se recusar a continuar "certificando" este acordo, o qual, segundo ele, permite apenas adiar "por um curto período" o acesso do Irã à arma atômica.

O Congresso americano deve decidir, nas próximas semanas, se julga necessário restabelecer as sanções suspensas depois que Teerã aceitou limitar seu programa nuclear. Em caso positivo, isso seria uma anulação do acordo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP