Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Avião da Iraqi Airways aterrissa no aeroporto de Erbil, no Curdistão Iraquiano, em 28 de setembro de 2017

(afp_tickers)

As autoridades iraquianas autorizaram nesta segunda-feira os estrangeiros que entraram no Curdistão sem visto iraquiano a deixar a região autônoma via Bagdá sem pagar multa.

"Qualquer pessoa pode deixar o país via Bagdá sem pagar multa nem visto de saída", disse o ministro do Interior, Qasem al Araji.

Um funcionário do ministério informou que os vistos seriam facilitados para os jornalistas.

Os voos entre o Curdistão iraquiano e o exterior estão interrompidos desde sexta-feira à noite por ordem de Bagdá, que pretende obrigar a região autônoma a anular o recente referendo sobre a independência.

Os estrangeiros entram no Curdistão com um visto que geralmente é carimbado no aeroporto pelas autoridades regionais, que Bagdá não reconhece, e só podem deixar a região pelos dois aeroportos do Curdistão iraquiano.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP