Os restos mortais de vítimas do Estado Islâmico (EI) localizados na primeira das muitas valas comuns de Kojo, localidade yazidi do norte do Iraque, começaram a ser exumados nesta sexta-feira, na presença da vencedora do prêmio Nobel da Paz de 2018, Nadia Murad, informou um representante desta comunidade de minoria étnico-religiosa curda.

O processo de análise dos corpos permitirá encontrar elementos de identificação e revelar como foram mortos esses habitantes da região de Sinjar, local de origem de Murad, de acordo com a ONU, que investiga para estabelecer se este massacre pode ser considerado um genocídio.

A localidade é um reduto yazidi, grupo étnico cujos membros praticam uma antiga religião sincrética, o iazidismo, ligada ao zoroastrismo e a antigas religiões da Mesopotâmia e que não possui um livro sagrado, como um alcorão ou bíblia.

De acordo com estimativas, centenas de homens e mulheres foram assassinados em Kojo por membros do Estado Islâmico quando inciaram o domínio da região, em 2014.

Murad, de 25 anos e ex-escrava do grupo radical, atua ao lado da advogada de direitos humanos Amal Clooney para revelar e divulgar os crimes cometidos pelos jihadistas.

O Estado Islâmico, que chegou a controlar um terço do território do Iraque, sequestrou cerca de 700 mulheres e crianças em Kojo, mantendo as mais jovens como escravas sexuais, enquanto os meninos serviam como soldados.

A abertura da vala marca um "momento muito importante" para toda região, destacou o chefe da comissão investigadora das Nações Unidas, o britânico Karim Ahmad Khan, que estima que no local deve ter cerca de 200 valas comuns contendo aproximadamente 12 mil corpos. Apenas na região de Sinjar "foram descobertas 73 valas", lembrou.

Na província de Nínive - onde estão situados Kojo e Mossul, antigo reduto do EI no Iraque - há 7.200 pessoas consideradas desaparecidas, sendo mais de 3 mil de origem yazidi.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.