Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um palestino caminha perto de um cartaz que convida ao boicote a produtos israelenses, em Jerusalém, devido aos sucessivos ataques promovidos por Israel na Faixa da Gaza, em 12 de agosto de 2014.

(afp_tickers)

Os negociadores israelenses no Cairo se disseram favoráveis a uma nova trégua de 72 horas na Faixa de Gaza, informou à AFP um dirigente israelense que preferiu não se identificar.

Os palestinos devem agora se pronunciar sobre a extensão do cessar-fogo que expira às 18H01 de Brasília no território palestino, onde o Estado hebreu lançou em 8 de julho uma ofensiva que já deixou mais de dois mortos do lado palestino.

Momentos depois, um foguete disparado da Faixa de Gaza caiu no sul de Israel, sem causar vítimas ou danos, segundo informou a porta-voz da polícia israelense.

Este disparo é o primeiro incidente depois da entrada em vigor na segunda-feira do cessar-fogo decidido por representantes israelenses e palestinos no Cairo.

AFP