Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(4 jun) Representantes das Farc participam das negociações de paz com o governo colombiano em Cuba

(afp_tickers)

Autoridades italianas anunciaram nesta quarta-feira o desmantelamento de uma rede de narcotraficantes da Calabria (sul) com conexões com a guerrilha colombiana das Farc.

Segundo a Guarda de Finanças, 38 pessoas foram detidas na operação, quatro delas na Espanha e as demais na Itália.

Mais de quatro toneladas de cocaína quase pura foram apreendidas.

A operação contou com a colaboração da Agência de Combate às Drogas (DEA) dos Estados Unidos, que identificou como fornecedores os "comandantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que cultivam, produzem e distribuem o entorpecente no mundo", afirma o comunicado.

Segundo as autoridades, a cocaína viajava da Colômbia para a Espanha e deste país era enviada por veleiros.

"Demos um duro golpe no patrimônio acumulado pelos principais detidos, proprietários de bens imobiliários, empresas, ações em empresas, automóveis de marca", explica a nota.

As investigações envolveram países como Brasil, Argentina, República Dominicana, Colômbia, Montenegro, além de Espanha e Itália, onde os principais integrantes da organização italiana tinham com conexões.

AFP