Um avião com policiais e membros dos serviços secretos a bordo seguiu para a Bolívia, onde o ex-militante de extrema esquerda italiano Cesare Battisti foi detido - informou o Ministério italiano do Interior neste domingo (13).

De acordo com a pasta, "o avião está voando há algumas horas". O ministro do Interior, Matteo Salvini, disse a uma emissora de televisão local que "meios e homens já foram enviados".

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.