Navigation

Japão não permitirá entrada no país de estrangeiros não residentes por covid-19

O Japão não permitirá a entrada em seu território de estrangeiros não residentes a partir de segunda-feira e até o fim de janeiro afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 26. dezembro 2020 - 17:25
(AFP)

O Japão não permitirá a entrada em seu território de estrangeiros não residentes a partir de segunda-feira e até o fim de janeiro, anunciou o governo neste sábado, depois de constatar os primeiros casos de contágio pela nova cepa de covid-19.

Atualmente, o Japão restringe a entrada de estrangeiros da maioria dos países pelo temor da covid-19 e exige que todos os visitantes respeitem uma quarentena em sua chegada.

Agora, Tóquio planeja endurecer os requisitos: tanto os passageiros japoneses como os residentes estrangeiros procedentes de países que constataram a presença da nova cepa de covid-19 devem passar por um teste em um prazo de 72 horas após sua partida e novamente ao chegar aos aeroportos nipônicos.

Também será reforçada a quarentena de todos os viajantes que retornam ao Japão.

As agências Jiji Press e Kyodo informaram que a nova medida é parte dos esforços do governo para conter a propagação da nova cepa do coronavírus, que seria até 70% mais infecciosa.

Partilhar este artigo