Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Mulher atacada por jiboia nos EUA tinha 11 cobras em casa

(afp_tickers)

"Estou com uma jiboia presa na cara!" - foi assim que uma mulher do estado americano de Ohio pediu ajuda aos bombeiros, que tiveram de decapitar o animal para tirar sua boca do rosto da dona.

Residente de Sheffield Lake, a mulher, de 45 anos, fez uma desesperada chamada de emergência para o 911, na quinta-feira à tarde (27), como relatou a imprensa local.

"Nunca tinha ouvido uma coisa assim", disse a operadora depois que essa fã dos répteis lhe explicou a situação, apavorada, de acordo com a gravação da ligação transcrita pelo jornal local "The Chronicle Telegram".

A vítima relatou que a jiboia, de cerca de 1,60 metro de comprimento, mordeu-a no nariz e que havia "sangue por todos os lados". Contou ainda que havia "resgatado" o animal no dia anterior, junto com uma outra cobra. Ao todo, a mulher tinha 11 serpentes, incluindo nove pítons.

"Não se mexa, senhora", sugere a operadora.

"Não consigo!", responde ela.

"Estou com medo! Ela agarrou meu nariz e está enrolada na minha cintura!", completa.

Pelo som das sirenes a distância, os veículos de emergência chegaram ao local em menos de quatro minutos.

Como não conseguia fazer o animal se soltar, a equipe decidiu decapitá-lo com um canivete, explicou o chefe dos bombeiros de Sheffield Lake, Tim Card, ao "Chronicle Telegram".

A mulher foi hospitalizada, mas não corre perigo, informou a emissora de televisão local Fox 8 Cleveland.

AFP