Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Forey discursa em Paris após a premiação

(afp_tickers)

O jornalista francês Samuel Forey, ferido no Iraque enquanto cobria a batalha de Mossul, foi um dos ganhadores do prêmio jornalístico Albert Londres, concedido nesta terça-feira.

Forey, de 36 anos, um jornalista independente baseado no Iraque, foi premiado por suas reportagens publicadas no jornal Le Figaro desde o final de 2016.

Há duas semanas foi levemente ferido na explosão de uma mina que matou seus colegas Véronique Robert, Stephan Villeneuve e Bakhtiyar Haddad.

O júri também premiou Tristan Waleckx e Matthieu Rénier por um perfil do magnata francês Vincent Bolloré e David Thomson por seu livro "Les Revenants", uma investigação sobre os jovens jihadistas franceses que voltam da Síria ou Iraque.

O prêmio Albert Londres homenageia um famoso jornalista francês do início do século XX.

sr/ial/mw/mr /pc/mb/cn

AFP