Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Explosão de um carro próximo à Homs, no dia 23 de maio de 2017

(afp_tickers)

Um jornalista do serviço árabe do canal de notícias RT (ex-Russia Today) morreu neste domingo em um ataque do grupo extremista Estado Islâmico (EI) na província de Homs na Síria, informou a emissora pró-Kremlin.

"RT lamenta a perda de seu correspondente Khaled al-Jatib, que morreu neste domingo 30 de julho quando cobria a operação do exército sírio contra o grupo terrorista EI perto de Sukhna, na zona leste da província de Homs", informou a emissora em seu site.

A RT tem programação em russo, inglês, árabe, espanhol e francês.

"O jornalista foi atingido letalmente quando um disparo dos terroristas do EI atingiu uma posição do exército sírio", afirma o comunicado da emissora.

As forças sírias recuperaram na sexta-feira o controle da cidade de Al-Sukhna, o último reduto do EI na província central de Homs, segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

AFP