Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A estrela do pop Justin Bieber, num ensaio na Carolina do Norte, no começo deste mês, lançou sua nova música "Friends"

(afp_tickers)

O astro pop Justin Bieber cancelou uma turnê mundial, foi banido da China e emitiu uma confissão pública por seus erros, mas ainda consegue manter o sucesso na carreira.

O canadense lançou nesta quinta-feira "Friends", um suposto pedido a uma ex-namorada para que não o descarte completamente após a separação. Ele recebeu críticas positivas e a adoração dos fãs.

A faixa é uma colaboração com o produtor BloodPop e os compositores Julia Michaels e Justin Tranter, a mesma equipe por trás do hit de sucesso "Sorry", do álbum "Purpose", de 2015.

Apesar dos problemas pessoais, a carreira musical de Bieber segue em franca ascensão. Sua versão remix do hit "Despacito", do cantor porto-riquenho Luis Fonsi, ficou em primeiro lugar nas paradas dos Estados Unidos durante 14 semanas seguidas, batendo recordes de transmissão em todos os formatos.

Contudo, o cantor de 23 anos interrompeu abruptamente sua turnê mundial em julho, mencionando "circunstâncias inesperadas".

Dias antes do anúncio, a China tinha informado que Bieber não era bem vindo no país por causa de seus "problemas de comportamento".

Em um longo post no Instagram, em 2 de agosto, a estrela pop afirmou que tinha deixado que suas inseguranças o levassem a cometer erros. "Mas o que não vou fazer é deixar meu passado ditar meu futuro", garantiu na ocasião.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP