Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O secretário de Estado americano, John Kerry, em Washington, DC, no dia 30 de junho de 2016

(afp_tickers)

O secretário de Estado americano, John Kerry, expressou nesta terça-feira (5) seus "melhores desejos" aos venezuelanos pelo 205º aniversário de sua independência, em mensagem onde voltou a pedir um diálogo nacional para tirar o país da crise.

"Em nome do presidente Obama e dos americanos, ofereço meus melhores desejos ao povo da Venezuela no 205º aniversário da independência de seu país, o 5 de julho", expressou Kerry em uma nota oficial.

O chefe da diplomacia americana aproveitou a oportunidade para "pedir aos líderes de todas as partes do governo que se comprometam com o diálogo nacional que é necessário para atender efetivamente os problemas de seu país".

Washington, assinalou Kerry, "reconhece que o último ano foi extremamente difícil" para os venezuelanos, que "enfrentam desafios econômicos que conduziram a divisões políticas e muitas privações".

"Os Estados Unidos sempre irão apoiar a Venezuela em defesa das instituições democráticas, o respeito pelos direitos humanos e o progresso econômico".

Para o próximo ano, acrescentou Kerry, "espero trabalhar com vocês e com seus líderes para construir a cooperação e a amizade que tem guiado nossas relações na maior parte dos últimos dois séculos".

Washington e Caracas mantiveram uma relação muito tensa na última década, e chegaram a retirar seus respectivos embaixadores.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP