Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto divulgada pela agência estatal KCNA mostra Kim Jong-Un em encontro com cientistas e técnicos do programa nuclear da Coreia do Norte

(afp_tickers)

O líder norte-coreano Kim Jong-Un comemorou o "êxito perfeito" do sexto e último teste nuclear executado pelo país, ao mesmo tempo que defendeu o desenvolvimento de novas armas, anunciou a imprensa estatal.

Durante o fim de semana, o governo organizou um banquete oficial e um concerto para celebrar o teste nuclear de 3 de setembro, condenado pela comunidade internacional, que segundo o regime norte-coreano utilizou uma bomba de hidrogênio que pode ser montada em um míssil.

Kim celebrou o "êxito perfeito do teste da bomba H" durante uma jantar oficial de agradecimento aos cientistas e aos técnicos do programa nuclear norte-coreano, indicou a agência oficial KCNA .

O dirigente chamou o teste de "grande evento de bom presságio para a história nacional" e pediu "esforços redobrados" para conseguir que a Coreia do Norte seja reconhecida como uma potência nuclear.

O jornal oficial Rodong Sinmun publicou neste domingo várias fotografias de Kim e sua esposa, Ri Sol-Ju, em um concerto em homenagem aos cientistas e técnicos nucleares.

A ONU aprovou sete pacotes de sanções contra a Coreia do Norte por seu programa balístico e nuclear. Na segunda-feira o Conselho de Segurança deve votar sobre novas sanções ainda mais severas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP