Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ali Khamenei

(afp_tickers)

O líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, ironizou nesta quarta-feira (16) o poder dos Estados Unidos depois dos confrontos raciais registrados em Charlottesville.

"Se os Estados Unidos têm algum poder, seria melhor direcioná-lo para seu país, enfrentando a #WhiteSupremacy e não se intrometendo nos assuntos de outras nações. #Charlottesville", afirmou o líder em um irônico tuíte.

Khamenei se somou, assim, às críticas internacionais contra os confrontos entre supremacistas brancos e manifestantes antirracismo que sacudiram a cidade de Charlottesville, na Virgínia, no último fim de semana. Uma mulher morreu quando um indivíduo neonazista atropelou intencionalmente um grupo de manifestantes.

Na terça, Trump reiniciou uma tempestade política quando afirmou que as duas partes que participaram dos distúrbios de Charlottesville deveriam ser responsabilizados pela volência.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP