Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O governo e a presidência palestinas denunciaram neste domingo um "massacre atroz" no bairro de Shajaya, periferia leste da cidade de Gaza, onde ao menos 62 palestinos foram mortos nos bombardeios israelenses

(afp_tickers)

O governo e a presidência palestinas denunciaram neste domingo um "massacre atroz" no bairro de Shajaya, periferia leste da cidade de Gaza, onde ao menos 62 palestinos foram mortos nos bombardeios israelenses.

"O governo palestino condena de maneira firme o massacre atroz cometido pelas forças de ocupação israelenses contra os civis inocentes de Shajaya", afirma um comunicado, que chama a comunidade internacional a "reagir imediatamente contra este crime de guerra".

Por sua vez, o chefe da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, chamou de "crime de guerra" os bombardeios a esta localidade, apelando ao "fim imediato" da ofensiva israelense contra o enclave palestino.

AFP