Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente do FMI, Christine Lagarde (E), e ministra de Economia do Paraguai, Lea Gimenez, em coletiva de imprensa em Assunção em 14 de março de 2018

(afp_tickers)

Christine Lagarde, diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), defendeu uma presença maior das mulheres na vida pública da região, durante um encontro com paraguaias em Assunção, onde concluiu, nesta quarta-feira (14), uma visita de dois dias.

"As mulheres podem aumentar o crescimento, reduzir a desigualdade e contribuir para a diversificação da economia deste país e de outros da região", garantiu Lagarde em declaração no Teatro Municipal de Assunção.

A presidente do FMI se reuniu com o presidente paraguaio Horacio Cartes e visitou uma cidade modelo para as famílias pobres construída pelo governo, batizada como "Bairro São Francisco", em homenagem ao papa.

"Os maiores desequilíbrios na sociedade acontecem pelas diferenças entre homens e mulheres. Isso será solucionado quando as mulheres participarem da vida pública e da política", destacou Lagarde.

Neste tema, a Câmara de Senadores do Paraguai aprovou, na semana passada, no Dia Internacional da Mulher, a Lei da Paridade, que estabelece uma cota obrigatória de 50% para as mulheres nas listas de cargos eletivos.

O projeto seguiu para análise da Câmara dos Deputados.

"A representação feminina atualmente não chega a 20% do Senado e 16% nos Deputados", revelou à AFP Francisco Capli, diretor do centro de pesquisas local First Análisis y Estudios.

Após concluir a visita ao Paraguai, a diretora do FMI viajou a Buenos Aires, onde será recebida nesta quinta-feira pelo presidente Mauricio Macri.

Ela vai participar da reunião de ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G20, na semana que vem.

Trata-se de um dos encontros anteriores à cúpula presidencial do G20, que será realizada na Argentina em dezembro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP