Navigation

Lenda do jazz americano Lionel Ferbos morre aos 103 anos

Lionel Ferbos se apresenta no Preservation Hall Jazz Band durante seu aniversário de 50 anos de carreira em 2012 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 20. julho 2014 - 22:07
(AFP)

O lendário trompetista americano de jazz Lionel Ferbos, que começou sua prolífica carreira antes da Grande Depressão, morreu aos 103 anos de idade em Nova Orleans (sul) neste sábado, informou a imprensa local.

Ferbos nasceu em 17 de julho de 1911 em Nova Orleans e começou a tocar trompete aos 15 anos.

Até pouco tempo, Ferbos estava à frente de sua própria banda, a Louisiana Shakers, com apresentações semanais.

Dividiu palco com celebridades musicais como Maria Muldaur, Bonnie Raitt e Ani DiFranco.

Ferbos também percorreu a Europa várias vezes durante sua longa carreira e participou de bandas famosas como a New Orleans Ragtime Orchestra.

Durante anos atuou no French Quarter Festival e no New Orleans Jazz and Heritage Festival.

Sua última apresentação foi em março, segundo o New Orleans Times-Picayune.

Cada vez mais debilitado, reuniu forças para participar na quinta-feira passada de uma festa por seu aniversário de 103 anos no Palm Court Jazz Cafe, seu lugar favorito de jazz, onde foi cercado pelos amigos, família e fãs.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.