Navigation

Letônia registra recorde histórico de calor

Pessoas jogam água umas nas outras durante 'guerra' aquática em uma tarde de forte calor no alto verão letão, em Vilnius afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 04. agosto 2014 - 19:30
(AFP)

A Letônia registrou a temperatura diurna mais alta de sua história nesta segunda-feira, com os termômetros marcando 37,8 graus Celsius na cidade portuária de Vetnspils, no oeste da normalmente gelada república do Báltico, confirmaram meteorologistas oficiais.

A cidade já tinha registrado um outro recorde de calor, com 36,9 graus Celsius no domingo, superando o anterior, de 36,4 graus Celsius na cidade de Daugavpils (sudeste), em 1943.

Temperaturas acima dos 30 graus Celsius também fizeram derreter as vizinhas Estônia e Lituânia, mas a Letônia foi a que mais sofreu com a rara onda de calor e com afogamentos associados.

No quente mês de julho, socorristas resgataram 30 corpos de rios e lagos, elevando o número de mortos este ano para 94 no país com 2 milhões de habitantes.

Segundo o serviço de meteorologia, as temperaturas deverão cair, gradativamente, na próxima semana.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?