Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi (d), em uma reunião com o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, no Palácio Presidencial do Egito, no Cairo, em 4 de agosto de 2014.

(afp_tickers)

A Liga Árabe enviará em breve ministros de pelo menos quatro de seus países membros a Gaza como mostra de "solidariedade" com os palestinos, após um mês de um conflito sangrento com Israel, anunciou nesta quarta-feira seu secretário-geral, Nabil al-Arabi.

Esta delegação, liderada por Arabi, também deverá avaliar as necessidades para a reconstrução do território palestino que foi completamente devastado pelos bombardeios israelenses, informou o secretário-geral no segundo dia de um cessar-fogo provisório e no dia seguinte à retirada total do exército israelense de Gaza.

A delegação, que incluirá os ministros das Relações Exteriores do Egito, Kuwait, Jordânia e Marrocos, "viajará em breve a Gaza em solidariedade", anunciou o chefe da Liga Árabe em um comunicado.

Ministros de outros países membros poderão se juntar ao grupo posteriormente, acrescentou.

AFP