Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soldado britânico patrulha rua em Basra, Iraque, em setembro de 2006

(afp_tickers)

A Grã-Bretanha vai enviar cerca de 40 soldados ao Iraque para reforçar seu contingente que apoia a coalizão internacional contra o grupo Estado Islâmico (EI), informou o ministério britânico da Defesa nesta quinta-feira.

"Vamos reforçar nossa contribuição na luta contra o Daech (acrônimo árabe do EI) e manter nosso papel-chave dentro da coalizão internacional" liderada pelos Estados Unidos, declarou Michael Fallon. "Estas tropas suplementares irão apoiar as operações visando a derrota do Daech".

O contingente, integrado por 44 soldados dos Royal Engineers, ficará estacionado durante seis meses na base aérea de Al-Assad, na província de Al-Anbar, no oeste do Iraque, e se concentrará na construção de infraestruturas.

Com o reforço, o número de militares britânicos na base de Al-Assad passará de 300, e a Grã-Bretanha terá cerca de 600 soldados no território iraquiano.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP