Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, o bilionário americano Michael Bloomberg e o arquiteto britânico Norman Foster posam juntos na nova sede europeia da Bloomberg, em Londres

(afp_tickers)

Londres "continuará a ser o centro financeiro da Europa", mesmo depois do Brexit, garantiu o bilionário americano Michael Bloomberg à AFP nesta terça-feira (24), na inauguração da nova sede europeia de sua empresa na capital britânica.

"Paris vai se dar bem, porque algumas pessoas vão se mudar para lá e desenvolvê-la. O mesmo com Frankfurt, Amsterdã e outas cidades", disse o ex-prefeito de Nova York.

"Londres não vai ficar tão bem quanto ficaria se tivesse continuado na União Europeia", admitiu, insistindo, contudo, que o Brexit não vai "destruir" a cidade.

A capital vai colher os benefícios da sua escala e da língua inglesa, bem como dos seus sistemas de transporte e comunicação, destacou Bloomberg.

As garantias de bilionário vêm em boa hora: o setor financeiro da Grã-Bretanha está preocupado com a perda dos direitos que autorizam grandes bancos internacionais a fazerem operações na UE, mesmo sediados no Reino Unido.

A nova sede europeia da Bloomberg, empresa de informações financeiras, foi projetada pelo arquiteto britânico Norman Foster e vai reunir os cerca de 4 mil funcionários existentes de Londres em um único local, no centro da cidade.

Construídos em cima de um antigo templo romano renovado pela empresa durante uma década de obras, seus dois prédios têm sete andares.

Obras de arte, uma gigantesca escada em caracol e aquários vão tornar a área de trabalho "mais animadora e estimulante", de acordo com o fundador da empresa.

O local "tem a mais alta avaliação em termos de sustentabilidade, conservação de energia e reciclagem', disse Foster à AFP.

"O teto, a fachada, o piso... E as coisas que não são vistas, tudo contribui para fazer deste o prédio mais verde de seu tipo", afirmou.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP