Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2016) O museu foi desenhado pelo arquiteto francês Jean Nouvel

(afp_tickers)

O Louvre de Abu Dhabi abrirá as portas ao público em 11 de novembro, pouco mais de 10 anos após o lançamento do projeto, anunciou nesta quarta-feira a ministra da Cultura francesa, Francoise Nyssen.

"A França está orgulhosa de contribuir a este museu com os Emirados Árabes Unidos", disse a ministra em Abu Dhabi.

Nyssen destacou que o museu é uma "resposta conjunta" de Paris e Abu Dhabi em um momento no qual "a cultura está sob ataque".

O Louvre de Abu Dhabi é a primeira filial do famoso museu, que abriga a maior coleção de arte do mundo e tem o objetivo de promover a imagem da França.

O museu deseja atrair visitantes dos países árabes vizinhos e do restante do mundo, segundo o ministro da Cultura dos EAU, Sheikh Nahyan bin Mubarak al-Nahyan.

O projeto surgiu após um acordo entre os governos assinado em março de 2007 entre Paris e Abu Dhabi.

O acordo tem vigência de 30 anos e estipula que a França vai prestar assessoria, emprestará obras e organizará exposições temporárias em troca de um bilhão de euros. Do total, 400 milhões correspondem ao pagamento pelo direito de usar o nome Louvre.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP