Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Sede do Wells Fargo em San Francisco, Califórnia

(afp_tickers)

O Wells Fargo relatou, nesta sexta-feira (13), uma queda expressiva dos lucros no terceiro trimestre, graças ao 1 bilhão de dólares reservado para gastos legais com investigações do governo sobre o sistema de hipotecas.

Os resultados também foram afetados por gastos adicionais com conformidade após o escândalo de contas falsas que abala o banco há um ano.

Os lucros caíram 20,2%, a 4,2 bilhões de dólares - com 1 bilhão em despesas com "investigações regulatórias relacionadas à hipoteca pré-crise previamente anunciadas".

A receita caiu 1,8%, a 21,9 bilhões de dólares.

O Wells Fargo revelou uma série de investigações sobre suas práticas de hipoteca envolvendo agências governamentais, inclusive o Departamento de Justiça e o Escritório de Proteção Financeira ao Consumidor.

O Departamento de Justiça busca "informações acerca da origem, da subscrição e da securitização de hipotecas residenciais, inclusive hipotecas sub-prime", disse o banco em julho.

Um processo "continua sendo uma possibilidade", acrescentou a empresa.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP