Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas observam marca de sangue após o assassinato de cinco pessoas em San Juan Chamula, em Chiapas

(afp_tickers)

Homens armados assassinaram neste sábado o prefeito da cidade mexicana de San Juan Chamula e outros quatro homens, dois deles funcionários públicos deste povoado indígena do estado de Chiapas (sul), informou o governo local.

O ataque aconteceu por volta das 12H00 GMT (09H00 horário de Brasília), quando "um grupo numeroso" de moradores de 35 comunidades do município protestavam na praça central e "alguns sujeitos usaram armas de fogo", explicou em coletiva de imprensa o secretário-geral do governo (Interior) de Chiapas, Juan Carlos Gómez Aranda.

Três das vítimas são funcionários públicos: o prefeito, Domingo López González; o síndico (administrador financeiro) Narciso Lunes Hernández, e um legislador local, Miguel López Gómez. Também morreram Ernesto Pérez Pérez, motorista do veículo prefeitura; e Silvano Hernández Díaz, morador da comunidade.

Doze pessoas ficaram feridas no ataque e foram levadas a hospitais da região.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP