Navigation

México abre as portas a Maduro e Guaidó para diálogo sobre Venezuela

Andrés Manuel López Obrador afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 25. janeiro 2019 - 16:29
(AFP)

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta sexta-feira que as portas de seu país estão abertas para o presidente venezuelano Nicolás Maduro e seu oponente Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino, iniciarem um diálogo que tirará a Venezuela da crise político e econômico.

"Sobre se o México está em posição de permitir que as partes do conflito na Venezuela tenham a intermediação do Ministério das Relações Exteriores para alcançar o diálogo e a solução pacífica de controvérsias, nossa Constituição estabelece: sim, poderíamos fazer isso", declarou López Obrador durante sua coletiva de imprensa diária.

No entanto, o presidente esclareceu que a viabilidade desta proposta depende da vontade de Maduro e Guaidó, chefe do Parlamento venezuelano de maioria oposicionista e autoproclamado presidente interino.

"Não poderemos realizá-la se não houver solicitação das partes", ressaltou.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.