Navigation

México diz que há acordo inicial com EUA e Canadá no tratado T-MEC

O presidente mexicano Andres Manuel Lopez Obrador (D) e o procurador-geral dos EUA William Barr durante uma reunião no Palácio Nacional, na Cidade do México afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. dezembro 2019 - 15:00
(AFP)

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta terça-feira que já há um acordo inicial com os governos de Estados Unidos e Canadá pelo novo tratado de livre-comércio T-MEC.

"Temos que esperar as próximas horas ainda, mas já há um acordo inicial entre os governos. Falta a aprovação dos Congressos", disse o presidente em sua habitual coletiva de imprensa matinal.

"Hoje se assinaria por parte dos Executivos, dos negociadores dos três países", disse, referindo-se ao encontro que terá com os negociadores de Estados Unidos e Canadá mais tarde.

Espera-se que às 18h00 GMT negociadores mexicanos, do Canadá e dos Estados Unidos se reúnam na Cidade do México para afinar e assinar o novo tratado comercial.

O acordo substitui o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), vigente desde 1994 e que foi fortemente criticado pelo presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

O T-MEC foi selado em novembro de 2018, mas até o momento somente foi confirmado pelo Senado mexicano, condição suficiente no caso desse país. O Canadá já sinalizou que aprovará acordo assim que os Estados Unidos o fizerem.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.