Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pescadores trabalham em Seal Beach, Califórnia, em 28 de junho de 2014

(afp_tickers)

O mês de junho de 2014 foi o mais quente já registrado no planeta desde 1880, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).

A temperatura média na superfície terrestre e nos oceanos alcançou 16,22°C em junho, ou seja, 0,72°C a mais que a média do século XX para este mês. A cifra supera o último recorde de junho, que remonta a 2010, informou a NOAA.

"A maior parte do planeta enfrenta temperaturas mensais acima da média, com recordes de calor nas regiões do sudeste da Groenlândia, do norte da América do Sul e do Sudeste da Ásia", explicou a agência em um comunicado.

"Assim como em maio, as regiões das principais bacias oceânicas também tiveram recordes de calor", acrescentou.

A última vez que a temperatura em um mês de junho foi inferior à média do século XX foi em 1976, indicou a NOAA.

Segundo a mesma fonte, o mês de maio de 2014 também foi o mais quente desde 1880, mais que o recorde anterior, de maio de 2010.

AFP