Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Macron participa de entrevista coletiva após discursar na tribuna da ONU, em Nova York

(afp_tickers)

Os veículos de mídia franceses são "totalmente narcisistas". Com estas palavras, o presidente francês, Emmanuel Macron, respondeu nesta terça-feira a uma jornalista que lhe perguntou por que havia escolhido, durante sua visita à ONU, falar primeiro com a rede de televisão americana CNN, e não com um veículo francês.

"Agradeço por essa pergunta tão importante", ironizou o mandatário em uma coletiva após seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas.

"Pode ser porque os meios de comunicação franceses estão muito interessados ​​na comunicação e não o suficiente no conteúdo", respondeu.

"Falarei com a mídia francesa, mas quando vejo o tempo gasto nos últimos quatro meses, só comentando meus silêncios e minhas falas, digo a mim mesmo que é um sistema totalmente narcisista", opinou.

"Estou nas Nações Unidas, e um jornalista pediu para fazer uma entrevista sobre minha política diplomática", justificou. "Dei várias entrevistas a veículos franceses, mas dada a seriedade dos temas, vamos falar dos desafios do planeta e deixar o círculo vicioso da comunicação", concluiu.

Desde sua eleição, o presidente francês tem criticado repetidamente a imprensa francesa, que o critica por se negar a responder suas perguntas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP