AFP

O presidente eleito da França, Emmanuel Macron, em Le Touquet, em 7 de maio de 2017

(afp_tickers)

A vitória de Emmanuel Macron na eleição presidencial da França é uma excelente notícia para a Europa - declarou nesta sexta-feira (12) em Bari, no sul da Itália, o francês Benoit Coeuré, membro do diretório do Banco Central Europeu (BCE).

"Há um alívio generalizado no G7 de ver que a França fez a escolha por uma estratégia europeia, e é um sentimento compartilhado pelo BCE", declarou ele à AFP, em paralelo à reunião dos ministros das Finanças e e dos presidentes dos bancos centrais do G7.

"os franceses escolheram a integração europeia e a moeda única", afirmou Coeuré, acrescentando que os eleitores optaram por dar "um mandato forte" ao presidente francês eleito "para reformar a zona euro", para torná-la "mais forte".

Segundo Coeuré, algumas propostas do programa de Emmanuel Macron, como o reforço da governança econômica da zona euro, vão na mesma direção desejada pelo BCE.

O Banco Central Europeu tem "interesse em ter um polo econômico mais forte na zona euro", apontou ele, acrescentando que "é algo que desejamos ver acontecer".

AFP

 AFP