Navigation

Maduro diz que Trump leva EUA a 'um conflito de alto nível contra Venezuela'

Foto de divulgação divulgada pela assessoria de imprensa da Presidência da Venezuela, mostrando o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, durante uma reunião com membros de seu gabinete no Palácio Presidencial de Miraflores, em Caracas afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 06. fevereiro 2020 - 12:46
(AFP)

O presidente venezuelano Nicolás Maduro acusou Donald Trump na quarta-feira de levar os Estados Unidos a um "conflito de alto nível contra a Venezuela", após o chefe de Estado americano ter prometido"esmagar" seu governo.

"Donald Trump está liderando os Estados Unidos em um conflito de alto nível contra a Venezuela. Convoco os setores honestos dos Estados Unidos a enfrentarem essa política intervencionista, ilegal e imoral de Donald Trump contra o povo nobre e pacífico da Venezuela", disse Maduro em um discurso transmitido por rádio e televisão.

O dirigente venezuelano disse que Trump havia caído numa "loucura" contra a Venezuela ao apoiar seu "fantoche" Juan Guaidó, o líder da oposição reconhecido por Washington como presidente interino e recebido nesta quarta-feira na Casa Branca.

"Ontem (terça), Donald Trump falou sobre esmagar e destruir a Venezuela. Esmagar um país que é o berço dos libertadores da América? Nunca! A Venezuela não será esmagada por ninguém, a Venezuela está avançando", disse Maduro.

Na terça-feira, Trump prometeu "esmagar" a "tirania" de Maduro em seu discurso anual ao Congresso americanos sobre o Estado da Nação, ao qual Guaidó acompanhou como convidado.

Mais cedo, numa primeira reação oficial ao discurso de Trump, o ministro das Relações Exteriores venezuelano, Jorge Arreaza, leu um comunicado para rejeitar as "ameaças violentas" contra a Venezuela.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.