Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Captura de vídeo cedido pelo escritório de imprensa da presidência venezuelana mostra o presidente Nicolás Maduro dirigindo um carro pelas ruas de Caracas durante a greve geral convocada pela oposição em 20 de julho de 2017

(afp_tickers)

O presidente venezuelano Nicolás Maduro postou em suas redes sociais vários vídeos nos quais aparece transitando por Caracas para demonstrar, segundo ele, o fracasso da paralisação cívica convocada pela oposição.

Junto à esposa, Cilia Flores, Maduro aparece passeando de carro na quinta-feira pela avenida Baralt, no centro da cidade, enquanto ouve música com as janelas fechadas.

Sorridente, o presidente mostra um a loja do McDonald's, à qual se refere ironicamente como "uma empresa comunista que chegou à Venezuela". Flores ressalta que o local estava aberto, apesar da greve.

Durante o percurso, no entanto, se observa que o principal centro comercial da zona central está fechado.

O presidente também aparece em outro vídeo, também dirigindo, conversando por tele fone com o poderoso dirigente chavista Diosdado Cabello, segundo afirma seu filho, Nicolás Maduro Guerra, no banco de trás.

"Esta gente não quer ver a realidade, não querem abrir os olhos, que fracassaram", diz Maduro a Cabello.

Falar ao celular enquanto se dirige é uma infração de trânsito na Venezuela.

AFP