AFP

Partidários da França Insubmissa durante marcha pelo Dia do Trabalho, em Paris, em 1º de maio de 2017

(afp_tickers)

Dois terços dos militantes da França Insubmissa, a plataforma liderada pelo radical de esquerda Jean-Luc Mélenchon, optarão pelo voto em branco ou a abstenção no segundo turno nas eleições presidenciais de domingo, segundo pesquisa via internet.

Entre os 243.000 votantes, 36% escolheram o voto em branco ou nulo e 29% a abstenção, enquanto 35% votarão no centrista Emmanuel Macron.

Mélenchon, que obteve 19,6% dos votos no primeiro turno, em 23 de abril, preferiu não dar seu apoio a qualquer candidato, deixando para as bases da formação política tomarem uma posição comum a partir de um voto na internet.

AFP

 AFP