Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Mais de 1.100 pessoas morreram nos combates entre separatistas pró-russos e o exército ucraniano no leste da Ucrânia desde meados de abril, segundo relatório da ONU publicado nesta segunda-feira.

(afp_tickers)

Mais de 1.100 pessoas morreram nos combates entre separatistas pró-russos e o exército ucraniano no leste da Ucrânia desde meados de abril, segundo relatório da ONU publicado nesta segunda-feira.

"Ao menos 1.129 pessoas morreram e 3.422 ficaram feridas desde que Kiev lançou sua operação antiterrorista" em meados de abril, segundo dados disponibilizados em 26 de julho, indica o relatório.

O texto também acusa os dois lados de usar armamento pesado em zonas residenciais.

A ONU também indicou que a derrubada do avião malaio no leste da Ucrânia pode ser considerado um crime de guerra.

"Esta violação da lei internacional, dadas as circunstâncias, pode ser considerada um crime de guerra", declarou a comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, em um comunicado à parte do relatório.

AFP