Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Evacuação de pacientes de um hospital em Frankfurt para desativar uma bomba britânica datada da Segunda Guerra Mundial

(afp_tickers)

A cidade de Frankfurt, evacuou, neste domingo, mais de 60 mil moradores para desativar uma enorme bomba britânica da Segunda Guerra Mundial, a maior operação deste tipo na Alemanha desde 1945.

"Não é um sentimento muito agradável, sair de casa assim, mas não temos escolha, não sabemos bem o que vamos fazer hoje", queixou-se Jürgen Winterscheidt, de 52 anos, que deixou a região de ônibus, acompanhado por sua mãe, de 74 anos.

A senhora Karin Winterscheidt já pensou num programa para o dia: "Talvez a gente vá a um museu, eles estão de graça para as pessoas que foram evacuadas".

O artefato da Royal Air Force de 1,8 tonelada foi batizado de "Blockbuster" pelos cidadão de Frankfurt, por causa de sua carga explosiva que pesa, sozinha, 1,4 tonelada. Ela seria o suficiente para destruir um quarteirão de casas e edifícios.

A bomba foi descoberta no começo da semana, em um canteiro de obras no perímetro da universidade da cidade, a dois quarteirões dos bancos e do centro.

Para a desminagem ser segura, os habitantes de um perímetro de 1,5 quilômetro tiveram que deixar suas casas. São cerca de 60 mil pessoas, 10% da população da metrópole.

Eles começaram a fazer a evacuação por volta de 6H00 (1H00 em Brasília), e os últimos moradores que não podiam se deslocar sozinhos - pessoas idosas ou com deficiências - serão transferidos no fim da manhã.

A maioria dos habitantes levou a saída forçada numa boa.

Claudia Schmitt, uma bancária de 61 anos, tomou precauções para caso a operação dure mais que o previsto. "Eu trouxe um livro comigo, a autobiografia do Bruce Springsteen que tem mais de 600 páginas", disse.

"É bem impressionante ver todos esses policiais na rua", completou.

A desativação da bomba deve acontecer durante a tarde e estima-se que dure quatro horas.

Os intensos bombardeios aliados contra a Alemanha ainda obrigam as unidades de desminagem a neutralizar regularmente bombas da época, desenterradas em obras, bosques e campos.

Neste sábado, cerca de 21 mil pessoas foram evacuadas, em Coblenza, no oeste da Alemanha, para autoridades desativarem uma bomba da Segunda Guerra Mundial de 500 quilos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP