Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Essa é a segunda apreensão do tipo em menos de 20 dias

(afp_tickers)

Capacetes, chapéus, facas e medalhas com símbolos nazistas foram descobertos nesta quinta-feira em uma loja de antiguidades de San Telmo, bairro próximo à sede do governo da Argentina, em Buenos Aires, de acordo com o ministério da Segurança.

Essa é a segunda apreensão do tipo em menos de 20 dias. Em uma operação anterior, foi descoberta uma coleção de 75 peças nazistas, entre as quais um busto de Adolf Hitler, uma lupa que pode ter pertencido a ele e uma águia imperial do Terceiro Reich.

"Hoje (quinta-feira), com a Polícia Federal, achamos um local em San Telmo onde encontramos casacos, chapéus, facas e medalhas, todos com simbologia nazista", afirmou o ministério em um comunicado.

Também foram encontradas antiguidades de origem japonesa, chinesa e egípcia. Entre as peças está a "Lista Vermelha de Objetos Culturais Chineses", emitida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A ministra da Segurança, Patricia Bullrich, declarou: "A partir dessas descobertas, iniciamos uma investigação para determinar a origem dessas peças. É imprescindível confirmar a procedência, já que se tratam de objetos emblemáticos do regime nazista e de uma das épocas mais trágicas da história. Não podemos permitir que essas peças, símbolos de discriminação, estejam à venda".

A Argentina foi um dos destinos de criminosos nazistas após a II Guerra Mundial. O país também acolheu judeus que fugiam das perseguições e dos campos de concentração do regime.

AFP