Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(2013) Lançamento do foguete que transportou o Gaia

(afp_tickers)

Mil dias depois de seu lançamento, o telescópio espacial europeu Gaia revelará nesta quarta-feira o mapa mais detalhado já produzido da Via Láctea, um catálogo de 1 bilhão de estrelas.

Desde seu lançamento, em 19 de dezembro de 2013, Gaia faz buscas a partir do espaço e observa a passagem de 60 milhões de estrelas por dia em nossa galáxia, a Via Láctea, que tem 100.000 anos luz de diâmetro.

Sob a égide da Agência Espacial Europeia (ESA) e do Consórcio Europeu (DPAC - Data Processing and Analysis Consortium), já foram registradas 1 bilhão de estrelas.

"Ao longo dos séculos foram sendo feitos mapas celestes, mas nunca desta envergadura nem com esta precisão", explicou à AFP François Mignard, que dirige as investigações no Centro Nacional de Investigação Científica (CNRS) da França.

A medição de distâncias entre estrelas, tanto em nossa galáxia como além, desempenha um papel fundamental na astronomia, que marcará uma nova fase na quarta-feira às 11h00 GMT (08h00) quando o mapa for divulgado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP