Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump

(afp_tickers)

A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, conseguiu retirar a campanha publicitária de um curso de inglês na Croácia que utilizava sua foto com uma mensagem que não a agradou, anunciou sua advogada.

Para tentar atrair novos alunos, o curso espalhou na sexta-feira cinco cartazes por Zagreb com a imagem de Melania Trump e a frase: "Imaginem até onde você pode chegar com um pouco de inglês".

Os cartazes foram retirados na terça-feira, após a intervenção da advogada eslovena Natasa Pirc Musar, representante da primeira-dama no caso, que entrou em contato com o curso para protestar.

O estabelecimento "violou de maneira grosseira a lei croata (...) ao utilizar ilegalmente o nome e a imagem da senhora Trump com fins comerciais", afirmou em um comunicado.

Ela recordou que a imagem de Melania Trump só poderia ser utilizada "com sua permissão e consentimento independente do tipo de produto".

O curso lamentou ter provocado uma reação negativa porque, afirmou, a ideia era enviar uma "mensagem muito positiva".

A criadora do cartaz, Ivis Buric, disse que "o objetivo era promover o inglês".

Melania Trump nasceu na ex-república iugoslava da Eslovênia em 1970. Abandonou o país nos anos 1990 para trabalhar como modelo. Sua carreira a levou aos Estados Unidos, onde conheceu o presidente americano Donald Trump, com quem se casou em 2005.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP